7 dicas para quem está desempregado

Estar no “olho da rua” como muitos falam, não é uma situação agradável, ainda mais para quem tem uma família para ajudar ou sustentar. Você fica preocupado, inseguro, ansioso e sem saber para onde ir. A demissão nem sempre está ligada à falta de competência do profissional, às vezes a empresa passa por um momento ruim ou o setor no qual você trabalha, não tem muita funcionalidade como se esperava. Enfim, os motivos para uma demissão podem ser vários.

Hoje vou ajudar você se a vencer esta fase.

 

7 dicas para quem “está” desempregado.

 

1° – REESTRUTURE SEUS GASTOS.

Se você foi demitido, não apenas terá o FGSTS para receber em relação aos anos de trabalho, mas também o seguro desemprego. Dinheiro principalmente para quem não está trabalhando acaba rápido. Faça uma lista das prioridades, e economize ao máximo, até pelo menos retornar ao mercado. Encabece sua lista com alimentação, água, energia elétrica, aluguel ou financiamento da casa, estudos assim por diante. Caso os gastos com o cartão de crédito forem altos, e não conseguir pagar ao longo dos meses com o seguro desemprego tente quitar com o FGTS. No pior das hipóteses, caso o FGTS não seja o suficiente, vá ao seu gerente e explique sua situação, então renegocie a dívida com parcelas que caibam no seu bolso. Não gaste com bobeiras. Mantenha o foco!

Se você tiver dúvidas em relação aos valores do seguro e do FGTS dê uma olhada neste link: http://www.calcule.net/calculos.trabalhistas/calculo.seguro.desemprego.htm

 

2° – PENSE NO QUE REALMENTE QUER FAZER.

Se o que você fazia não lhe agradava, agora é uma ótima oportunidade para você realizar aquele antigo sonho seu. Quando você faz aquilo que gosta, certamente se dedicará mais e assim obterá sucesso. Pare por alguns dias, acalme seus pensamentos, reorganize suas ideias, se facilitar, escreva-as em um papel; pergunte–se o que gostaria de fazer e que além do prazer profissional, me traria uma condição financeira boa!?? Acredite, funciona!

 

3° – ESTUDE AS TENDÊNCIAS DO MERCADO.

Em uma situação desta, nunca deixe de olhar para fora, ou seja, o mercado. A gente sempre fica preocupado, tenso e nos esquecemos que em qualquer momento por pior que seja, sempre existem oportunidades boas lá fora, principalmente para um profissional qualificado (fica a dica!). Logo fique de olho e acompanhe as tendências, elas podem te oferecer grandes chances. Fique de olho nas áreas que estão ou que irão bombar nos próximos meses e anos. Estas provavelmente serão as que terão mais prestígio e que irão remunerar melhor.

 

4° – ELABORE UM CURRÍCULO SUCINTO.

Currículo grande não quer dizer profissional qualificado! Quando você avaliar e decidir em qual área procurará emprego, faça seu currículo focado para essa área. Os profissionais de RH não possuem muito tempo para lerem um currículo longo e cheio de informação desnecessária. Se você quer uma vaga de gerência, por exemplo, e tem uma certificação em primeiros socorros, não faz sentido colocar essa informação no currículo. Venda seu peixe, mas de forma simples, direta e objetiva!

 

5° – ABUSE DO SEU NETWORKING.

Agora é o momento de você entrar em contato com os amigos que você fez ao longo de sua carreira e pedir ajuda. Faça uma relação daqueles em potencial que possam indicá-lo e ligue; não seja tímido porque não é hora para isso. Faça um breve comentário do ocorrido sem por a culpa em ninguém, explique em que área deseja atuar e seja categórico em pedir para este contato e/ou amigo, que o indique para uma eventual vaga. Se você não pratica networking, corra atrás, pois muitas vagas são preenchidas por indicações. E é sempre bom termos contatos na área profissional, pois nunca sabemos o dia de amanhã! Aproveite para entrar em contato com ex-colegas de trabalho, principalmente aqueles com quem teve boa relação. Estes poderão lhe indicar vagas disponíveis. É hora de ativar todos os bons contatos!

 

6° – POSICIONE-SE DE FORMA CORRETA NAS ENTREVISTAS.

Em uma eventual entrevista, fique atento na maneira de como se vestir, de como se portar e principalmente de como se apresentar. Nunca, em hipótese alguma minta para conseguir a vaga, ou se desespere. Mantenha sua tranquilidade e sua calma, responda tudo de forma sincera e objetiva, sem enrolação, pois seus valores e sua conduta estarão sendo avaliados a todo o momento. Estude sobre a empresa em questão e demonstre interesse!

 

7° – CUIDE DA SAÚDE MENTAL E FÍSICA.

Apesar de muitos falarem que você está tirando férias, isso não é verdade. Você acaba ficando mais preocupado, mais tenso e mais frustrado pelo fato de seu futuro ser incerto; sem contar com o excesso de tempo livre sem ter o que fazer. Não fique parado enlouquecendo, tenha uma válvula de escape; vá ler um livro, faça um trabalho social, pratique um esporte. Se a grana está curta para praticar o esporto, vá correr ou caminhar em um parque público; na maioria deles, existem quadras de futebol, vôlei etc.

 

Nunca se desespere! Ponha sua cabeça para pensar, peça ajuda para seus amigos e familiares e não desista, não desista nunca.

Não espere o dinheiro acabar para começar a procurar outro emprego. Foi demitido ontem, comece a procurar hoje; as oportunidades passam depressa, não deixe elas escaparem de você. Seja determinado e dedicado e você terá sucesso!

Boa sorte!

 

Colaborou: Duanne Comácio

 

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY