Até hoje, postei experiências da minha vida cristã durante o Jejum de Daniel. Hoje farei diferente. Vou falar sobre um personagem que me inspira muito na leitura da Bíblia. Jesus nem se compara, né? Mas o meu personagem preferido não é um dos mais famosos, mas me identifico muito com Daniel.

A maioria conhece Daniel por ele ter sido lançado na cova dos leões. Mas muitos desconhecem da personalidade e características que fazem Daniel ser uma inspiração pra mim.

Primeiro, porque em tempos difíceis, Daniel se manteve íntegro e fiel aos seus princípios e valores.

Ele foi tirado do seio familiar e levado pra uma outra terra, ou seja, ele tinha justificativas pra se revoltar. Muitas pessoas acabam se rebelando e mostrando de fato quem são em momentos de crise. Mares revoltos, tempestades, problemas, decepções. Todo esse emaranhado de conflitos mostram a verdadeira face das pessoas. A atitude que tomamos durante os problemas revela quem é quem. A atitude é quem diferencia as pessoas.

Outra coisa. Daniel foi tirado de perto da família. Muitas pessoas ao mudarem de cidade ou país se tornam outras. Parece que as família as “obriga” a viver de uma maneira. Longe, acaba se revelando. Triste, né?

Conheço gente que cresceu comigo, na igreja, mas que quando chegou na adolescência ou na juventude, fez o contrário de Daniel, abriu mão dos seus valores e incorporou novos valores. Nem parece que é a mesma pessoa. Parece que é um ser vivo que já nasceu com 18 anos, e tudo que ela viveu antes, ela joga no lixo. Terrível, né? Quando encontro na rua, nem a aparência me lembra. Até o olhar da pessoa muda, claro, ela incorporou uma nova filosofia de vida, logo, é claro que ela se tornou um novo ser.

Daniel era de família nobre, e mesmo em tempos difíceis ele se manteve fiel à sua essência. Imagino que para quem teve dinheiro, é complicado viver sem. Daniel se manteve o mesmo.

Segundo ponto: o reality show da época

Quando o Rei Nabuconodosor pediu para realizarem uma seleção de jovens, ele foi categórico, queria da linhagem real e nobres, jovens de boa aparência, sem nenhum defeitos, doutos em ciência,  sabedoria, versados no conhecimento e que fosse competentes para assistirem no palácio do Rei.

O rei estava a procura de uma equipe top, resumidamente.

Daniel se encaixava neste perfil, por isso foi selecionado. Quando você busca o conhecimento e se mantém na fé, é impossível você não se tornar uma referência. O mundo é carente de pessoas com essência e sabedoria. É por isso que não para de ler, de estudar e correr atrás.

Posso ser sincero?

Sou apaixonado por gente com estas características. Espelhado em Daniel, de fato tento ser assim: ter conhecimento, boa aparência e ser versátil (não sou bitolado, mas tenho bons conhecimentos gerais).

 

 

Gente que sabe lidar com as adversidades

Daniel é apresentado como alguém que viveu a vontade de Deus em um ambiente extremamente hostil.

Só que já se sentiu um peixe fora dágua, sabe como é ruim estar em um ambiente onde você ou seus costumes não são bem vindos. Daniel é do tipo de pessoa, que transforma o ambiente que vive. Não culpe a Deus pelo lugar que você está. É aí mesmo, que você tem a oportunidade de transformar esse lugar, sua célula, seu grupo, sua tribo. Você não está neste lugar em vão. Enfrente com peito aberto essa situação e reverta essa situação. Você pode!

 

 

Daniel tinha personalidade

Ele foi tirado da família e do seu povo. Ele foi levado a uma outra terra, que tinha outros costumes e deuses. É claro que sozinho, ele foi tentando a abandonar o seu Deus e viver conforme a nova cultura. Ele resistiu o tempo todo e manteve-se fiel a Deus.

 

 

Daniel não se contaminou

“Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se” (1:8).

Quando vamos pra uma terra que não é a nossa, é normal uma gastronomia diferente. Com Daniel não foi diferente. O Rei, querendo o melhor pra eles, pediu que servisse as melhores comidas. Porém, Daniel percebeu que alguns itens poderiam contamina-lo. Apesar de ser finas iguarias, ele preferiu o simples. Mais uma vez ele foi fiel a sua cultura e crença.

Não é porque você muda de lugar que seus valores também mudarão. Daniel, optando pelo simples, recebeu bênçãos decorrentes à sua fidelidade. A Bíblia diz:  Deus estava com eles, e o chefe viu que progrediram mais do que os jovens que comiam os alimentos do rei.

 

 

 

Daniel não se prostou

Quando foi lançado o decreto que todos deveriam orar ao rei durante 30 dias, Daniel que tinha o hábito de orar à Deus 3 vezes ao dia, manteve sua fé.

Mesmo sabendo que tal desobediência poderia custar sua própria vida.

Deus estava acima das leis do homens para Daniel.

Quantas vezes por uma lei  as pessoas deixam de fazer a vontade de Deus?

Já vi gente que não bebia, mas bebeu porque toda a turma de amigos tava bebendo. Uai, cadê seu voto com Deus?

Não se proste as ordens. Primeiro está a vontade de Deus pra sua vida.

 

Daniel creu até o fim, mesmo quando foi jogado na cova dos leões

Muitas vezes por causa da nossa fé somos jogados na cova dos leões. NA faculdade, eu vivia sendo jogado para as feras, por ter minha fé definida. Eram discussões bobas, em que do nada, eu …que tava super de boa, virava o ponto alto de discussões. Não temas, Deus é quem dá livramento. Confie até o fim.

Por causa da sua fé, muitas covas estarão pela frente, mas há um Deus que tudo vê, e que vai fechar a boca dessa turma de leões.

Hoje, 20 anos depois da minha trajetória, existem muitos leões querendo me devorar. É cada absurdo que eu ouço falar de mim, que parece que sou um monstro. Mas Deus é quem fecha a boca de cada um deles, e o tempo mostra, que mais forte que leão tem Deus por mim. Quem será contra? Deixe ser!!!

 

 

Daniel era um homem de oração

Ele orava 3 vezes por dia. Nossa comunicação com Deus vem através das orações. Nisto preciso melhorar. Preciso orar mais. Dedicar mais tempo nesse diálogo com o criador. Eu amo orar quando estou no trânsito, mas preciso ser mais focado em orações de joelhos no meu cantinho em casa. Adoro fazer isso. Conversar com o criado melhora sua relação, comunhão e créditos com o Pai.

 

 

Daniel se tornou uma referência

Por desvendar os sonhos do Rei, Daniel se tornou uma referência na época e conquistou a confiança real.

Quando a verdade está com você e você a usa no momento certo, a confiança fará parte da sua reputação. Estar a frente do tempo, ter respostas para os anseios das pessoas, ser estudioso e profundo conhecer de um segmento, faz de você um porta voz daquele assunto.

Nisto, me assemelho com Daniel. Estou sempre estudando sobre o futuro, tecnologias, tendências. Isso me torna um porta-voz na imprensa quando precisam tratar de tais assuntos. Pense em como você pode ser tornar uma referência, assim como Daniel. A imprensa, as autoridades, as instituições se dobrarão diante de sua sabedoria.

Daniel é um exemplo de constância, fidelidade aos valores e propósito. A vida de Daniel é uma clara demonstração do que o Deus faz pelos que buscam de todo o coração, quando estes realizar o Seu propósito. E aí, que tal viver o propósito de Deus neste mundo pra você?

Viu quanta coisa legal na personalidade de Daniel? Agora siga isso e se torne uma referência em excelência! Você pode ser o Daniel do século XXI. Depende só de você!

LEAVE A REPLY