Durante esses 20 anos de trajetória na fé já vi gente sendo curada na igreja de tudo que é doença.

Aos 14 anos, quando a gente ainda dava os primeiros passos na fé, uma amiga obreira que se converteu na mesma época estava com as netas gêmeas com um grave problema no coração.

Na igreja, temos toda terça-feira uma campanha para a cura. A Aparecida me convidou pra ir com ela durante 7 terças-feiras na igreja lá em Itumbiara (ficava há 70km da minha cidade), só que às 15h. Preste atenção! Ela tinha carro mas não tinha carteira, ou seja, cada terça-feira ela saiu pelas ruas procurando um motorista que nos levasse (eu tinha 14 anos na época).

Lembro que durante as 7 semanas foram diferentes dificuldades, mas chegávamos lá pra fazer a corrente pelas meninas. E tinha um propósito muito legal, da pasta de figo.

Baseado na história do Rei Ezequias que depois de ter a morte decretada, cobrou de Deus sua cara por sua integridade e vida, e teve uma resposta maravilhosa e imediata de Deus, de que ele viveria ainda mais 15 anos.

“E dissera Isaías: Tomem uma pasta de figos, e a ponham como emplastro sobre a chaga; e sarará.” (Isaías 38:21).

Era muito gostosinho comer da pasta de figo, ainda mais gostoso era experimentar da fé, que quando materializada, dá frutos. No caso foi a cura das gêmeas, que hoje em dia deve ter uns 18 anos.  Não foi a pasta que as curou, mas a atitude e fé da avó durante essas sete semanas.

Não importa seu problema, se você fizer um voto com Deus (no nosso caso foi uma corrente de ir 7 terças-feiras) o seu problema terá solução. Não desanime, pois virão muitas dificuldades. Porém, após você fazer sua parte, Deus vai completar a Dele.

LEAVE A REPLY