dicas-redes-sociais-blog-bruno-figueredo-blogueiro-minas-mg-uberlandia

Jamais vou brigar em rede social.

Está aqui o motivo de eu nunca entrar em discussões ou polêmicas da internet, respeitar a todas as opiniões e postagens, mesmo não sendo a favor de algumas.
Eu sou do tipo que se não gosta, deixa pra lá, oculta e segue a vida.
Sinceramente, eu não perco tempo.

O mundo é dos diferentes, é preciso respeitar e pronto. As redes sociais se tornaram um grande ringue em que as pessoas por poderem facilmente comentar, de falar o que querem sem pensar nas consequências, ou em quem está do outro lado, manda um enter e deixa o pau quebrar. Não é bem assim. Do outro lado, segurando aquele celular ou na frente de um computador tem uma mãe, um pai, um irmão, um amigo, um ser humano com sentimentos, problemas, dificuldades, gente que teve um dia difícil. Calma, galera! O mundo é muito mais.

Estou com quem quer pacificar, não de quem quer guerrear. Já tem soldado demais solto na rede. Eu estou a fim de poetas, de gente com conteúdo do bem, que troca espada por flores, que troca palavrões por palavrinhas, pequenas mas cheias de significado. Gente que não quer que o circo pegue fogo, mas quer ver o circo sendo palco de espetáculos.

Por uma cultura de paz, leia esse versículo que Deus me deu nesta linda tarde de quinta-feira, fria, cinza e às vezes ensolarada na Av. Paulista.

“Evite as controvérsias tolas e inúteis, pois você sabe que acabam em brigas. Ao servo do Senhor não convém brigar, mas, sim, em ser amável para com todos, apto para ensinar e ser paciente.” 2 Timóteo 2, 23.

 

Até a próxima reflexão desse blogueiro mineiro que ama um pão de queijo,  um abraço e uma risada espontânea longa, daquelas de fazer a barriga doer.