Uau!

Essa experiência foi muito impactante. Apesar de ter consciência do mover de Deus em mim, sempre me senti pequeno e totalmente dependente dele.

Com 15 anos de idade, eu, obreiro super dedicado na obra, sempre ia para igrejas da mina região fazer reuniões, porque eram poucos pastores na época. Em um domingo mais que normal, fomos pra sede de Ituiutaba para uma reunião de obreiros. Fomos de van com toda a galera da igreja, acho que éramos uns 12 obreiros na época.

Ao final da reunião de obreiros, o pastor regional comunicou que os pastores das igrejas deveriam ficar pra uma reunião. E aí veio um pastor de Centralina (uma cidade minúscula, porém extremamente carregada espiritualmente). Ele me pediu que fosse pra lá pra fazer a reunião das 19h no domingo. Ok, bora lá mais uma vez. Eu sempre ia pra Centralina fazer essas reuniões, desde os meus 14 anos de idade.

Comecei a reunião cantando e buscando, mas sabe quando o negócio tá pesado, a oração não vai, as pessoas carregadas, custam a abrir a boca. Eu pensei, tá amarrado esse clima!

Quando comecei a orar forte, na mesma hora manifestaram 8 mulheres. Senhor Jesus. Tinha umas 70…80 pessoas na igreja, eu fazendo a reunião e nenhum obreiro. Lá não tinha obreiro. Socorro, Deus!

Eu fui levando todas as pessoas sofridas pra frente do altar. Cada pessoa mais carregada que a outra. Eram legiões e legiões de demônios. Não era gente caindo no chão não, tá? Eram pessoas manifestadas mesmo, com espíritos bravos.

Eu ali, um menino de 15 anos, com oito pessoas manifestadas, e mais umas 70 pessoas pra orar. Com fé e determinação fui libertando em nome de Jesus cada pessoa. Quando já não sobrava ninguém em frente o altar, eu fiz uma oração tão sincera pra que Deus transformasse as mãos de cada uma daquelas pessoas em verdadeiros detergentes da fé, pra limpar, pra faxinar de uma vez por todas aquelas vidas. Eu queria aquele povo limpo, zerado. E depois da oração forte, a reunião fluiu. Foi uma noite marcante para a minha vida espiritual. Me deixou ainda mais alerta, mas fiquei feliz de Deus me usar de maneira tão especial, embora a pouca a idade.

Não importa se você tem 13, 30, 50, 70 anos ou mais. Se você se colocar à disposição do Espírito Santo, Ele vai usar a sua vida de maneira sobrenatural. O segredo é entregar-se e fazer de todo o seu coração.

Eu não fiquei espantado pelos demônios se submeterem. Longe disso, jamais tive essa ilusão, mas por saber que o reino de Deus havia chegado até aquelas pessoas, e que elas teriam sossego e alívio em suas almas.

Pode ser pra lavar um banheiro, lave de todo o coração. Pode ser pra orar por uma pessoa extremamente simples, que fala tudo errado, ou orar pela pessoa mais sofisticada e rica. Seja pra fazer uma visita ou levar um folheto. Seja pra entregar um jornal ou fazer um programa na TV. Seja pra gravar um áudio no Whatsapp ou fazer uma postagem na rede social. Ofereça isso ao Senhor, e ele usará a sua vida para que o nome Dele venha chegar aos que precisam. E olha como tem gente  precisando!

Entregue-se a este Deus. Não seja um obreiro, um pastor, um missionário, um servo de crachá ou de uniforme. Seja um instrumento de Deus neste mundo. Porque aí não terá lugar nem horário pra Deus usar a sua vida. Pra que isso aconteça, seja você a própria oferta viva pra esse Deus, 24h por dia.

Um ótimo dia, amigos.

Amanhã tem o 16º post do Jejum de Daniel. Eu quero seu comentário, hein? O que está achando dos posts? Sua opinião é importante demais pro BF.

4 COMMENTS

  1. Nossa obreiro, esse é o primeiro post que leio do seu blog, realmente impactante, as vezes fico a imaginar, como nós pobres seres humanos sujeitos a erros a todo e qualquer momento, que mal sabemos nos expressar, podemos ser tão usados por esse Deus tão grande, que inclusive se faz pequeno para morar dentro da gente, e o segredo é tão simples, o sr falou em algumas poucas palavras ai em cima, o segredo é apenas se dar de todo coração, servir verdadeiramente, fazer por Deus e para Deus, ser instrumentos nas mãos do nosso Senhor, ser a própria obra dele aqui nesta terra, muito bacana, gostei muito da postagem, afinal a gente somos eternos aprendizes, por mais que saibamos muito nunca saberemos de tudo, é bom aprender e ouvir o que os mais antigos tem a nos dizer, essas experiências que as vezes nos encorajam e nos dão forças pra partir pra cima das dificuldades. Deus abençoe o sr, sua esposa e seu ministério cada dia mais.

  2. Bruno, que Deus continue te usando ainda mais, sua história é incrível, os seus posts são para testemunhar a glória de Deus em sua vida! Arrebentouuuuuuu

LEAVE A REPLY