Sempre gostei de igreja, mas tinha aversão aos evangélicos. Eu pegava no pé de um colega que era da Assembléia e hoje é desviado. Lembro que assistia os desenhos Bíblicos que passavam no SBT aos domingos pela manhã. Mesmo sem a companhia dos meus pais, eu sempre gostei de ir à missa aos domingos. Parece que ser de fé é algo que já nasceu comigo.
Aos 11 anos de idade, ao chegar da minha aula de crisma católica minha mãe avisou que iríamos em Ituiutaba (uma cidade ao lado) numa igreja que ela estava assistindo pela TV. Claro que eu resisti e fui rebelde. Mas ela me deu uma surra básica e me obrigou à ir na igreja.
Fomos os 4: eu, minha irmã e meus pais. Ah! Uma vizinha que era praticamente uma tia pra mim também foi.
A primeira reunião achei mega estranho. E não queria voltar naquela igreja Universal de Ituiutaba. Todos que foram não curtiram o culto, mas a vontade e a sede da minha mãe era tão grande que fomos pela segunda vez, só que em outra cidade, em Itumbiara – Goiás.
Desta vez eu fui convidado à ir para a escolinha da Igreja. Chegando lá eu achei tudo muito divertido. Daquele dia em diante aquela seria minha igreja. Apesar da distância, uns 60 quilômetros, íamos a igreja quase todo os dias.
Eu fui me envolvendo com as coisas de Deus, aprendendo a Bíblia, a orar, evangelizar, e quando vi, eu já era um trabalhador da obra de Deus. Nem idade pra batizar eu tinha, mas eu me sentia tão bem com toda aquela atmosfera.
E aí, quando completei os 12 anos de idade eu me batizei. O ato de descer as águas foi importante, porém, alguns meses eu já tinha decidido em meu coração que eu ia querer aquele Deus e aquela fé por toda a vida.
A conversão independe de idade. Não significa mudar de igreja, mas mudar de direção. Pra começar, a gente sai do banco do motorista e passa pro passageiro. E aí Deus passa a ser o motorista e dirigir toda a sua vida. Você simplesmente aprecia a vista e curte o que Deus acha melhor pra você.
Com 11 anos eu já era muito comprometido com as coisas de Deus. E é assim até hoje, 21 anos depois.
Eu era purinho, sem maldade, sem ódio, sem vícios, sem maldade. Mas mesmo assim eu me converti, porque resolvi experimentar e viver para Deus. Converter não é simplesmente deixar as coisas erradas ou a vida velha, mas querer uma vida nova, abrindo mão da sua vontade, do seu eu e da sua opinião. Isso tudo existe, mas está abaixo da vontade de Deus.
Foi tão simples, puro e mágico, que fica bem complicado eu entender porque as pessoas resistem tanto ao chamado de Deus. Deus nos convida através de pregações, mensagens, músicas, eventos. Deus usa a natureza, os pássaros, as nuvens, as situações. A todo tempo ele nos chama a viver com Ele, mas muita gente resiste e troca Deus por esse mundo efêmero, descartável e de ilusão.
Se eu pudesse voltar atrás, teria feito a mesma coisa. Servir a Deus logo na adolescência me poupou de uma monte de podridão que me aguardava os próximos anos.
Eu nunca bebi uma cerveja, nunca frequentei uma balada e um Carnaval. Não é o meu lugar! Mas mesmo assim eu me converti a Deus, eu cri que o sonho Dele era melhor e maior que e o meu.
Neste primeiro Dia de Jejum de Daniel você tem a oportunidade de se converter. De sair do banco de motorista e passar a ser um passageiro do carro da vida. Permita que o experiente Senhor Deus pilote sua história.
E se você já converteu, volte ao tempo, relembre este dia com alegria. Eu lembro da roupa que eu usava, do carro que estávamos, da sensação de sair de dentro daquele Gol Branco que meus pais tinham e visualizar a fachada iluminada daquela igreja. Parecia que ali era um oásis da qual minha alma já almejava.
Oração Jejum de Daniel – 1º Dia
Agradeça a Deus por essa graça de conhece-lo. Por ter sido convidado e por ter o seu coração sensível para escolher a boa parte que é servir a Deus. Em meio a tantos, Ele chamou vários e você foi um dos poucos que obedeceu, que escolheu.
Música para meditação

2 COMMENTS

  1. Que post legal, nesse Jejum de Daniel estarei conectado com as coisas de Deus.
    O seu blog é uma ótima plataforma para aprendermos através da sua experiência e avançar na nossa Fé!!!

LEAVE A REPLY