Quando chego num hotel, olho a fachada e já faço meus julgamentos. Acho que todos somos assim, seres de primeira impressão.

Quando cheguei no Capcana fui recepcionado com portas abertas por um funcionário de educação em escassez: sr. Eduardo (lembro das bochecas vermelhas, sorriso fácil e uma cordialidade sem igual).

O Hotel Capcana fica na região dos Jardins e somente a uma quadra da Av. Paulista, exatamente. No quarteirão do Hotel fica a Paulista e a estação Brigadeiro do metrô.

O prédio do hotel é de meia idade, porém são bem cuidados.

 

O quarto

Com vista pra Av. Paulista, os muitos prédios em volta impedem minha visão pro cartão postal de São Paulo.

Que cama gostosa! Hummmm! Os lençóis brancos e com edredon off white dando aquele toque clean e aconchegante.

O banheiro super espaçoso e tinha secador (pra quem precisa, isso faz muita diferença).

Frigobar completo com bebidas e guloseimas.

Espelho grande (pra blogueiro faz diferença), armário espaço e com muito cabides (pra tirar tudo da mala) e cofre pra guardar coisas de valor.

 

Restaurante 

Com um charmoso deck na Alameda Santos e entrada independente do Hotel, o restaurante tem gastronomia contemporânea. 

O café da manhã é bem básico, já o jantar mais sofisticado com opções legais e uma carta de vinhos mediana.

Atendimento

Os recepcionistas do hotel são extremamente educados. Em tempos em que a cordialidade e empatia viraram artigo de luxo, o Capcana pode ostentar. Destaque para o sr. Eduardo – melhor funcionário de hotel, impossível.

Serviço de quarto

Ágil, sempre que precisei fui atendido em questão de 5 à 10 minutos, inclusive nos fins de semana.

O único aspecto que deixa a desejar, é que os hóspedes que pedem comida no restaurante, deixam as sobras com bandeiras na escada, e como o hotel tem apenas 1 elevador social, e as vezes fui pela escada, me deparei com muitas bandejas. Um detalhe bobo, mas que pode ser melhorado com o tempo.

O melhor do hotel: localização

Eu costumava ficar na região do Morumbi, mas depois que conheci o Capcana, mudei de vida. Acho que é o ponto forte do hotel: sua localização:

  • fica no mesmo quarteirão da Paulista
  • tem estação de metrô no próprio quarteirão do Hotel
  • 5 Starbucks no seu quarteirão ou num raio de 200 metros
  • muitas opções de restaurantes bacanas, como o América que fica a 3 quarteirões do hotel
  • fica 5 minutos da Oscar Freire
  • tem 2 shoppings legais pertinho, coisa de 4..5 quarteirões: Shopping Pátio Paulista e Shopping Cidade de São Paulo
  • cercado por hospitais e clínicas de renomados médicos
  • amplo policiamento, por causa da Paulista
  • fica há 5 km do Aeroporto de Congonhas (25…30 minutos de Uber – Táxi)
  • próximo de vários Teatros e opções culturais

RESUMO DO BF

Voltaria? Sim!
Acomodações: quarto legal, no tamanho certo, piso excelente (não é carpete …graças à Deus), banheiro grande com secador, chuveiro intenso, com ótima temperatura (dá vontade de ficar 2 horas)

Comida: Boa, café da manhã básico e jantar delicioso. Não cheguei a almoçar.

Atendimento: Ótimo e super carinhoso. Todos me chamaram pelo nome, inclusive nas próximas idas.
Localização: Jardins – São Paulo, praticamente na Av. Paulista. Endereço: Al. Santos, 484

Parece mesmo um hotel executivo? Sim, movimento médio, vizinhos não causaram barulho e a internet era legal pra trabalhar.

Qual um diferencial? A internet é veloz, não em todos os quartos, devido a distância do roteador, mas se você precisa de velocidade, basta sinalizar na recepção para que eles te coloquem num quarto próximo ao roteador. Eu baixava materiais pesadinhos e cheguei a subir vídeo pra Youtube.

Valor da diária: a partir de R$240,00 – incluso café e internet? Tá ótimo, e na região da Paulista – evita gastar com transporte e perder tempo em trânsito. Valor de internet, com antecedência. Valores podem variar de acordo com evolução do mercado e similares.

Sugestão de melhoria: senti falta de uma área fitness, mesmo que compacta.

Me impressionou: tem salas de eventos pequenas, médias e grandes, salão de beleza, barbearia e até um SPA com clínica de estética. Nem parece que eu estava praticamente na Paulista. A barbearia apesar de rústica e das antigas, tem um atendimento super legal e achei barato a barba: R$35,00. Em São Paulo costumo pagar entre 70 e 100 reais pra fazer a barba.

O Capcana é uma opção muito melhor que hoteis de rede com valores parecidos, por tudo que citei acima.

Mais informações sobre pacotes, reservas no site www.capcanahoteis.com.br

 

 

LEAVE A REPLY