1º) Período de permanência

Você vai precisar de no mínimo 4 dias pra curtir a cidade, senão voltará com gostinho de não ter aproveitado tudo.

Apesar da cidade ser pequena, são tantas novidades, que é impossível ir no básico de Gramado se você não ficar na cidade no mínimo 4 dias. O ideal são 5 dias, porque você vai perder metade de um dia indo ou voltando para Porto Alegre, locando carro e fazendo checkin no Hotel.

 

2º) A escolha de onde ficar

 

Escolha um hotel próximo das atividades do Natal Luz

A cidade é bem pequena, e a maioria das atividades do Natal Luz acontecem próximo a região central (onde tem a rua iluminada). Economizar no hotel, pode custar caro. Por ser uma cidade pequena e receber muitos turistas em um dia só, Gramado não tem capacidade de estacionamento para muitos carros. Por isso escolha o hotel perto do Natal Luz, para poder ir na maioria dos lugares a pé.

 

3º) Ingressos dos espetáculos 

Compre antecipadamente seus ingressos.

Não caia na besteira de comprar ingressos de última hora. Planeje-se!

 

4º) Roteiro

Eleja uma atividade principal por noite, para curtir sem pressa. São várias atrações ao mesmo tempo.

5º) Sábado não

O meio de semana é melhor. Fica a Dica!

Sábado é o pior dia em Gramado, pois a cidade fica entupida, difícil até de andar nas ruas. Quem gosta de fazer fotos, sábado deixe pra curtir, porque sempre suas fotos terão 1.000 pessoas atrás de você.

Para atrações como jantar, almoço, passeios, o meio de semana é mais tranquilo e mais fácil até de achar vagas na zona azul.

 

6º) Sim. Existe congestionamento em Gramado

 

Trânsito intenso próximo das atrações culturais

O trânsito de Gramado à noite é “garrado”. O melhor é sair a pé mesmo, ou vai ter dificuldade para encontrar vaga para estacionar.

 

7º) Um casaco sempre a mão

Uma cidade de 4 estações num dia só

O dia pode amanhecer ensolarado, mas o vento pode estar um gelo. Ou o dia pode estar ensolarado e o tempo gostoso, sem precisar de um casaco. Mas não saia do hotel sem ele, porque em algumas horinhas, a própria Frozen pode visitar Gramado e você virar uma estátua de gelo e entrar pra programação do Natal Luz, rs.

No caso das mulheres, que sentem mais frio que os homens, pode levar casaco mais pesado para não precisar comprar na cidade. Existem opções lindas, porém caras. Digo caras, porque você que mora no Brasil tropical dificilmente vai usar um sobretudo de lã purinha aí nesse calorão da sua cidade. Compensa se você usar em outros momentos. Se usar, tá consumistas?

 

8º) Antecedência aos espetáculos

Espetáculo no Lago? Saia do hotel 2h no mínimo!

Pense em um local com duas entradas e 100 mil pessoas querendo entrar. Sim, estou falando do espetáculo Encontros de Natal. O trânsito não anda, e não existem vagas para estacionar, são poucas. Fora isso, os ônibus de excursão tomam muito espaço.

Escolha um hotel mais central e vá andando até o Lago.

 

 

9º) Pratos gigantes

 

Sim, o povo de Gramado é farturento. Os pratos do restaurante para 1 pessoa na verdade conseguem muito bem suprir a fome de um casal de humanos normais, pedreiros, assistentes não contam, tá? Eu digo que 1 prato dá para 2 pessoas, para que você não fique cheio igual um balão de gás hélio e nem consiga comer um chocolate ou sobremesa pós-almoço ou jantar. Confia! Vai dar certo. Agora se a sua esposa ou marido comem igual pato, melhor pedir para 2 pessoas mesmo.

 

10º) Gostou de algo? Fotografe na hora.

Não caia na besteira de ver e pensar que você vai voltar lá e fazer a foto depois. Tem tanta coisa legal em Gramado que você não vai querer repetir, sempre vai querer algo novo. Claro, se você ficar 2 semanas, terá tempo hábil para isso.

 

 

11º) É outra cultura, xóvens!

Se você mora numa selva onde os pedestres precisam correr que nem o Usain Bolt para atravessar a rua, esqueça! Em Gramado os pedestres são respeitados como em pouquíssimos lugares do Brasil. Vá para lá com essa mentalidade. E se você for dirigir, seja cordial também. Entre na vibe da gentileza. Você vai se sentir super bem com isso, difícil será continuar quando voltar pra sua cidade barulhenta.

 

 

12º) Chocolaterias à rodo

Não caia na besteira de comprar todos os chocolates em uma loja só. Existem várias pela cidade, e o legal é você dar uma experimentada. A maioria das lojas possuem opções para degustação. O preço é muito parecido de uma para a outra, e isso é bom tanto para o comerciante quanto para o cliente.

 

13º) Leve uma bateria extra portátil

Quando você sair do hotel pra curtir a cidade, esteja com seu carregador portátil 100%. Você vai sair de manhã e voltar só no fim do dia pra tomar um banho e voltar pra night gramadense.

Espero que tenha gostado das dicas e vá curtir Gramado, porque é uma cidade linda. Você vai ficar morrendo de vontade de mudar pra lá. Do tipo, largar toda a carreira pra ir vender chocolate na beira da estrada e ser feliz com aquele tanto de hortênsia nascendo naturalmente e envolvendo sua vida.

 

 

Mais informações sobre o Natal Luz de Gramado no site: www.natalluzdegramado.com.br

LEAVE A REPLY