Dicas para os solteiros no blog do Bruno Figueredo

Isso mesmo, o número de solteiros no Brasil cresceu 15,7% entre 2009 e 2011 e ultrapassou o número pessoas casadas no País. E em Uberlândia, o número de pessoas que moram sozinhas quase dobrou em dez anos – passou de 13,9 mil para 25,9 mil.

Mas a gente nem precisa de dados estatísticos do IBGE para saber isso, não é mesmo?  É a realidade do dia a dia, nas baladas lotadas, nas redes sociais, nos tantos amigos e amigas querendo encontrar alguém especial.  E  para quem quer sair do status de “forever alone” vão algumas dicas básicas para não sofrer:

– Não se desespere: ficar com uma pessoa  que não tem nada a ver com você,  para não ficar sozinho, só aumenta a chance de fracasso no relacionamento. Para este caso vale a velha máxima “antes só do que mal acompanhado”.

– Goste de você: Saiba quais são seus pontos fortes e o que precisa melhorar. Sinta-se bem com seu corpo e se não estiver gostando do que vê no espelho, busque uma mudança de visual. Mude as roupas, o cabelo, comece a malhar. Uma auto-estima fortalecida faz toda diferença na hora da paquera.

–  Mude a perspectiva: Se você já tentou de tudo e até agora nada, mude seu ambiente, busque frequentar lugares diferentes, faça novos amigos, comece novos cursos, mude o horário da academia. Enfim, aumente sua rede de relacionamentos.

– Olhe 2 vezes para as pessoas: A gente tem mania de “não gostar” de cara, mas precisamos perceber que todos tem defeitos e qualidades. Temos que reaprender a olhar com mais carinho para as pessoas e colocar na balança as coisas boas e não tão boas assim.

– Demonstre interesse: Não tenha medo de demonstrar que você está afim, o máximo que pode receber é um “não”.  Mas se não tentar, não tem como descobrir!  E se não der certo desta vez, continue tentando, o mundo está cheio de pessoas interessantes! Quem sabe seu próximo Dia dos Namorados, não seja diferente?

 

Colaborou: Mari Torido

LEAVE A REPLY