Muita gente acredita que a vida termina aqui na Terra. Outros acreditam que depois desta, teremos outras vidas em reencarnações. Eu acredito que exista apenas uma vida, que ela é eterna, e que a nossa passagem aqui na Terra é apenas uma atribuição temporária.

Em Salmos 39,4 a Bíblia diz “Senhor, lembra-me de quão breve é o meu tempo na terra”.  Em outraa versão, a Bíblia diz assim “Faze-me conhecer, Senhor, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil. Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade”. Salmos 39, 4-5
Em tempos onde temos tantas atividades, a vida parece voar. Ontem eu era criança sem preocupações, depois eu era um jovem cheio de dificuldades e sonhos, hoje já sou um homem casado, com 31 anos e tantas responsabilidades na sociedade. Quando fiz 30 anos, parece que a idade de fato pesou. Parece que a gente pensa que já viveu a metade do nosso tempo aqui. E aí, você começa a mudar a forma como enxerga o tempo, as prioridades e as pessoas. Quem me dera saber quando vou partir, mas quando você tem em mente que a vida é um fio, você muda sua relação com tempo e com a agenda.

Ao chegar na casa dos 30, eu comecei a perder pessoas importantes, como o meu avô. Em 3 aos, vi meu avô materno morrer e os avós paternos da minha esposa também morrerem.  Foram as primeiras grandes perdas na família. E aí, você passa a dar mais valor às pessoas, e sei demais que a partir de agora, muitos outros avós, tios irão partir em breve. É triste, mas a idade vai chegando e precisamos aceitar que os ciclos também fecham, e que aqueles que amamos não devem sofrer para morrer.

A Bíblia é repleta de metáforas que abordam a questão de tempo e o aspecto transitório que é a vida. Nas escrituras sagradas a vida é citada como: uma sombra, uma breve neblina, um sopro, um corredor rápido, um fio de fumaça. “Nossos dias na terra são tão transitórios como uma sombra” – Jó, 8.9

O tempo aqui na terra é extremamente curto, se entendermos que a viveremos a maior parte da nossa vida na eternidade (após a morte). Mas a maior parte do tempo, depende do que fizermos aqui. Seremos frutos das nossas próprias escolhas. Você pode não acreditar em nada do que escrevi, mas um dia você poderá se lembrar com pena por não seguir estas dicas.

Sua vida aqui neste planeta passará rápido como um filme. Esta terra é uma residência temporária, semelhante a um hotel quando você hospeda em tempos de férias.

Temos mania de nos preparar para um emprego bom, de maneira que escolhemos uma faculdade para conseguir boas oportunidades profissionais. Cuidamos da aparência para nos sentir bem, para arrumar uma namorada, esposa e casamento. Nos preparamos pra comprar uma casa, fazendo economias, guardando dinheiro e trabalhando para ter um lar. Preparamos para ter filhos, deixando a casa com um quarto, compramos um carro maior pra comportar a cadeirinha. Preparamos as férias, comprando antecipadamente pacotes turísticos, passagens áereas, tiramos passaporte. Preparamos com aulas e testes para termos uma carteira de motoristas. E para a eternidade, como você tem se preparado? Talvez você tire tempo, dinheiro e espaço na mente para tudo: para você, família, amigos, carreira, pro corpo, mas para a eternidade ainda não.

Ou seja, alguém prepara o mundo pra gente nascer, depois nos preparamos para aqui viver, ser feliz e desfrutar do melhor, mas muitos não preparam para partir. O que vai ser da sua alma quando seus olhos fecharem? Já parou pra pensar nisso?

Se sua vida é atribuição temporária, e se na vida você está em trânsito, qual o seu destino final? Onde você quer chegar com as suas atitudes e escolhas?

Se deste mundo você não quer fazer parte, e se a terra é sua residência temporária, a Bíblia nos diz…”não satisfaçam o ego em prejuízo da alma”em 1 Pedro 2, 11.

Sendo assim, a Bíblia é enfática “as concupiscências da carne combatem contra a alma”. A carne é tudo aquilo que vem da natureza humana. Nascemos pecadores e com tendência a fazer coisas erradas. É mais fácil gritar e retrucar, do que escutar calado e levar desaforo pra casa. É mais fácil ter inveja do que trabalha. É mais fácil trair do que ser fiel. É mais fácil roubar e ter muito em pouco tempo, do que lutar para ter o suficiente. É mais fácil sonegar e encontrar desculpas, do que pagar impostos e ficar com menos, mesmo que não seja justo. Portanto, a escolha é sua!

Se este mundo não é o seu lugar, entregue-se a Deus. Não é fazer parte de uma igreja ou de uma religião. É ter um compromisso de fato com o criador. É fazer sua vontade, é fazer o que é certo. É dar as costas para as concorrentes modistas deste mundo. É negar a própria vontade e fazer a Vontade Dele. Mesmo que você já tenha cometidos absurdos, se você se arrepender, confessar e abandonar seus erros, Deus te perdoará e te dará a oportunidade de escrever uma nova história. O que passou, passou. Vá pro seu quarto ou simplesmente feche seus olhos, peça perdão, arrependa-se e peça uma nova oportunidade. Quando seus olhos se abrirem, um novo tempo chegou. Comece a viver diferente e agir como Jesus agiria em seu lugar.

Entender que a vida é atribuição temporária mudará a sua relação com o tempo, a forma como você faz sua agenda e trata as pessoas que ama. Você vai achar tempo para aquilo que de fato é importante, e mesmo que este tempo seja curto, ele terá uma ótima qualidade. Não é o tempo, é a qualidade do tempo.

Pense nisto! Encerro este post com um versículo que considero um dos mais lindos. “Assim, fixamos os olhos não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é temporário, mas o que não se vê, é eterno. 2 Coríntios 4, 18.

Um dia espero te encontrar na eternidade!

LEAVE A REPLY